segunda-feira, 14 de setembro de 2009

CONVENÇÃO BRASILEIRA DE MALABARISMO E CIRCO 2009



A prática do malabarismo cresceu muito na última década, especialmente pelo interesse de jovens que não possuem vínculo profissional com as artes do circo. Embora o Malabarismo seja parte da linguagem circense e de seus espetáculos, a atividade vem sendo realizada com os mais diversos objetivos: recreativo, educativo, artístico, social, etc.; e tendo um amplo desenvolvimento e inserção na sociedade brasileira. Seguindo a tradição das convenções européias de malabarismo, cuja tradição remonta mais de meio século, alguns entusiastas brasileiros decidiram há 10 anos organizar um encontro nacional, onde artistas profissionais e amadores, além de outros pudessem intercambiar conhecimentos. De lá para cá, estes encontros passaram a ser denominadosConvenção Brasileira de Malabarismo e Circo – CBMC, e aconteceram em diferentes cidades do país, sempre organizadas por voluntários das localidades que a sediavam a cada ocasião.

Desta forma, surgiu a Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo, que é um doseventos mais importantes para o malabarismo e atividade circense em nosso país.
Este evento segue, em geral, uma mesma estrutura, com apresentações, treinos, competições, oficinas, palestras e debates, sendo não apenas um espaço para aprimoramento técnico e treinamento, mas também para a troca de informações.
A CBMC tornou-se um dos maiores e mais esperados eventos do meio circense nacional, com a participação de centenas de artistas e entusiastas de todas as partes do Brasil e de diversos países. Tem como propósitos principais a troca de informações e a difusão de conhecimentos entre os profissionais da área, ampliando a consciência das temáticas e técnicas que envolvem o universo circense, disponibilizando uma melhor e maior estrutura para o intercâmbio e introdução de novas técnicas.
É um evento singular e esperado por todos os artistas circenses e curiosos, uma oportunidade anual única de encontro, onde grande número de pessoas – profissionais e entusiastas – pode se reunir durante alguns dias para a troca de conhecimentos e valores. Para muitos participantes, essa data tão especial é incentivo para a criação de números, desenvolvimento de oficinas e treinos intensivos. Espalhados por todo o Brasil, e mundo afora, os artistas circenses têm necessidade de se encontrar para fomentar esta arte que vem se destacando cada vez mais.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

SEMANA CULTURAL CEJA 2009

SEMANA CULTURAL

SEMANA CULTURAL

Na Semana Cultural que aconteceu nos dias 10 a 14 de agosto de 2009,houve apresentações de trabalhos artesanais e culturais realizados pelos alunos do CEJA,dentre eles,destacou-se a apresentação circence do aluno Luciano Himmer.

http://www.cejajoinville.com.br/semana-cultural

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Um pouquinho de história


Modernismo, Circo-Teatro e Piolin

27032009

Texto de Verônica Tamaoki

Hoje, 27 de março de 2009, é o Dia Internacional do Teatro. No Brasil, hoje é também o Dia do Circo que, nos últimos tempos, talvez para ritmar com o internacional do teatro, tem sido chamado de Dia Nacional do Circo. Sendo assim, numa coincidência apenas aparente e verdadeiramente oportuna, o país que cultivou o circo-teatro comemora o circo e o teatro no mesmo dia.


O Dia Internacional do Teatro surgiu em 1961, durante o 9o Congresso do Instituto Internacional do Teatro (órgão da UNESCO). A data 27 de março assinala a inauguração das temporadas internacionais do Teatro das Nações, em Paris, cujo 1o Festival Internacional foi realizado em 1957. E nosso Dia Nacional do Circo foi instituído pelo Estado de São Paulo, em 1972, numa homenagem ao palhaço Piolin (Abelardo Pinto, 1897/1973) – 27 de março é o dia de seu nascimento. O Dia Nacional do Circo foi criado em São Paulo e atualmente é comemorado em todo o território nacional, do Amazonas ao Prata.


Disse que hoje é um dia de dupla comemoração e o país que cultivou o circo-teatro comemora o teatro e o circo no mesmo dia. Pois bem: circo-teatro é um gênero de espetáculo que reinou no Brasil desde o final do século XIX até meados dos anos 60 do século XX. Resume-se a um espetáculo de duas partes. A primeira traz números de equilibrismo, malabarismo, trapézio, palhaço e outras expressões e habilidades circenses, e a segunda consiste em peças teatrais, de todos os tipos: farsas como A Casa Mal Assombrada e A Menina Virou; comédias como Quem beijou minha mulher e Esta noite te matarei; dramas sacros como Os Milagres de Santo Antonio e o famoso Paixão de Cristo; dramalhões de fazer chorar até corações empedernidos, como diria um personagem de um desses dramas tipicamente circenses, como Honrarás tua Mãe e O céu Uniu dois corações.


Mas o que me faz escrever estas linhas é a necessidade de apontar o que me parece estar sendo passado despercebido pela maioria. Há exatamente 80 anos, no dia 27 de março de 1929, quando nem o circo nem o teatro tinham seu dia no Brasil ou fora dele, nossos modernistas festejaram o aniversário de 32 anos do palhaço Piolin com um almoço, no restaurante do Mappin Store. O evento foi chamado de “Festim Antropofágico” e tinha como principal prato o próprio aniversariante. “Vamos comer Piolin!”, anunciaram os modernistas. Sabendo que os antropófagos comiam seus inimigos para adquirir suas forças, o ato simbólico de comer Piolin consistiu numa verdadeira consagração ao palhaço. A “aristocrática horda de antropófagos gulosos de quitutes e de glória” incluiu os dois Andrade (o gordo Oswald e o magro Mário), Tarsila do Amaral, Menotti Del Picchia, Anita Malfati, Raul Bopp, Guilherme de Almeida, Benjamim e Elzie Péret, entre outros. Abelardo Pinto, que depois dessa homenagem, incorporou o nome do palhaço ao de batismo, passando a ser Abelardo Pinto Piolin, ocupou o espaço que havia sido deixado vago pelo teatro na Semana de Arte Moderna de 1922. E dado que, para os modernistas, o picadeiro era o berço do teatro nacional e Piolin o seu maior ator cômico, eles acabaram, com quatro décadas de antecedência, celebrando ao mesmo tempo o circo e o teatro.


E sendo hoje, senhoras e senhores, o Dia Nacional do Circo e Dia Internacional do Teatro, podemos então dizer: Viva o Circo! Viva o Teatro!

Verônica Tamaoki

terça-feira, 8 de setembro de 2009

AULAS DE CIRCO EM JOINVILLE




ESPACINHO CULTURAL SÓ ALEGRIAS, MAGAMALABARESRS E CIRCO TEATRO LUDICO OFERECEM AULAS DE CIRCO EM JOINVILLE.


MALABARISMO

C/ BOLINHAS, CLAVES, ARGOLAS, DIABOLO, SWING POI, FLAG, PIROFAGIA, ENTRE OUTROS.

EQUILIBRIO

MONOCICLO, CONTATO PERNA-DE-PAU, SPINNING.

CLOW

CLOW QUER DIZER PALHAÇO E PARA ESSA MODALIDADE TRABALHA-SE COM MUSICALIZAÇÃO, (ATRAVÉS DE PERCUSSÃO CORPORAL E TECNICA VOCAL) JOGOS TEATRAIS E ESTUDOS SOBRE PALHAÇO ATRAVÉS DE MATERIAIS DIDÁTICOS E DE PESQUISAS, COMO LIVROS REVISTAS, VIDEOS, ETC


VIDEO DE DIVULGAÇÃO:
http://www.youtube.com/watch?v=2PPElVg_rk8
OUTROS VIDEOS : http://www.youtube.com/magamalabaresrs
BLOG: http://pirulito-pirlimpimpim.blogspot.com/


CONTATOS: MAGAMALABARESRS@HOTMAIL.COM


47 - 3423-3752
47 – 91880078


LOCAL DAS AULAS

JACOB EINSENHUTH, 78 ATIRADORES, PRÓXIMO A MOOM

video

domingo, 6 de setembro de 2009

SHOWS, PERFORMANCES E INTERVENÇÕES


SEMANA CULTURAL-COLÉGIO SÃO LUIS
SÃO LEOPOLDO-RS (2007)




PERFORMANCE CEJA-JOINVILLE 12/08/09







PERFORMANCE DE FOGO
"UMA BOA PARA SEU EVENTO"

video


sábado, 5 de setembro de 2009

NO MUNDO DA FANTASIA




Espetáculo no "Mundo da Fantasia"
São Leopoldo- RS (2001)

No Mundo da Fantasia conta a historia de um palhaço (Pirulito Pirlimpimpim) que veio do mundo da fantasia(um mundo encantador, magico e sincero) para fazer uma visitinha a esse mundinho da realidade. Chegando aqui no mundo real o palhaço se intristesse com algumas coisas que ve por aqui. Com mensagens sobre higiene e alimentação saudavel a historia vai se desenrrolando e a comparação entre os dois mundos é inevitaval e logo ele percebe que precisa voltar para o seu mundo.
Mas não sem antes provocar no publico uma reflexão sobre seus modos e seus costumes.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

O NASCIMENTO DO PALHAÇO

O palhaço Pirulito Pirlimpim, surgiu na minha vida após uma vivencia teatral que fiz no ano 2000 na cidade de Esteio-RS. Nesse ano tive a oportunidade de apresentar junto com o Grupo Teartes o Espetaculo "Vida de Brinquedo". A temporada da peça acabou e resolvi que iria continuar realizando o trabalho com o publico infantil, então um convite apareceu pra uma festa e numa inspiração momentanea inventei um enredo pra uma história, que se chamaria mais tarde "No Mundo da Fantasia" meu primeiro espetaculo que fiz de 2000 a 2003, em algumas escolas, creches e maternais da região do Vale do Sinos-RS.
Em 2003 num trabalho que tava fazendo num evento teve uma trupe que apresentou uma performance de malabares e também ministraram oficinas, foi ai que o malabarismo entrou na vida desse palhaço comecei os estudos malabaristicos com tres bolinhas, logo mais tarde criei um novo espetaculo, "Um show de malabares" que serviu de suporte pra mim montar o espetaculo que apresento atualmente que se chama Um dia Alegria.


"UM DIA ALEGRIA"
JOINVILLE-SC (2008)